terça-feira, 24 de setembro de 2013

Filme Elektra (2005)

Elektra



Gênero: Ação
Direção: Rob Bowman 
Roteiro: Raven Metzner, Zak Penn e Stu Zicherman  
Elenco: Jennifer Garner, Goran Visnjic e Kirsten Prout







Elektra é um filme de ação lançado em 2005 que foi baseado na história de Zack Penn e na personagem fictícia da Marvel Comics criada por Frank Miller e tem como personagem título a atriz Jennifer Garner (De Repente 30).

Com a direção de Rob Bowman e roteiros de Raven Metzner, Zak Penn e Stu Zicherman, o longa conta a história de Elektra Natchios, que após ter sido morta (em Demolidor - O Homem Sem Medo), ela é trazida de volta à vida pelo cego sensei Stick (Terrence Stamp), mestre de artes marciais e líder do grupo "Os Virtuosos", que se opõe a uma organização de ninjas do mal chamada "Tentáculo".

Tentáculo
Elektra é treinada por Stick na arte do Kimagure - poder de antecipar o futuro e ressuscitar aos mortos - dentro da  rígida disciplina do ninjutsu, mas por causa de sua incapacidade de controlar a ira que sente pela morte de seus pais e de se adequar ao estilo de vida dos Virtuosos, ela é expulsa do grupo e passa a usar suas habilidades para o mal transformando-se numa assassina de aluguel.

Então como membro do "Tentáculo", a missão da ninja é matar Mark Miller (Goran Visnjic, o Dr. Kovac do seriado “E.R.”) e sua filha Abby (Kirsten Prout, a Lucy no filme Eclipse - Twilight saga), uma garota de treze anos considerada como "o tesouro" por ser especial.

Elektra foi contratada para exterminá-los, mas se afeiçoa à família e não consegue executar sua tarefa. Logo, ela decide protegê-los de outros assassinos e tenta descobrir o motivo de Mark e Abby serem perseguidos pelo Tentáculo.


Jennifer Garner cumpriu bem sua função nas cenas de luta e as inquietações do passado com flashbacks que lhe atormentam, mas não convenceu muito como uma vilã. Estava mais para uma mulher fria do que uma assassina perigosa.

A Elektra do filme está diferente da personagem dos quadrinhos. Aqui ela seria uma vítima do passado que sofre com a lembrança da morte da mãe e da rígida educação que recebeu do pai. Tudo isso vem à tona em forma de flashbacks que muitas vezes atrapalha o desenrolar da trama deixando o filme um pouco lento. Soma-se a isso o fundo musical que cria uma atmosfera lenta num filme de ação. Sem contar que o roteiro tem muitos furos e os personagens são poucos desenvolvidos.

Algumas cenas têm coloração sépia e uns efeitos desnecessários que mais uma vez dão um tom parado desproporcionando o gênero. Claro que isso não é frequente no longa, pois as cenas de luta no bosque deixa o filme enquadrado no gênero certo com o movimento da câmera acompanhando as coreografias das lutas, com a alternância de movimentos rápidos e lentos.

E não podia faltar, embora pouco se fez presente, a Elektra com sua vestimenta e armaduras. Jennifer na papel esbanjou sensualidade, mas faltou a crueldade característica da vilã dos quadrinhos, pois no filme ela está parecendo uma heroína e protetora, o que decepcionou os fãs dos HQ's.


Bem que ela podia voltar nos Vingadores 2 ou 3 como vilã mesmo para honrar a essência da personagem.

Veja as fotos do filme na fanpage da DCult no facebook: clique aqui.

9 comentários:

  1. achei a escolha da atriz bem fraca. eu imagino a elektra uma atriz bem mais, sei lá, com cara de perigosa, sabe? hahaha

    bj
    http://suhdd.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O roteiro foi ridículo amiga. Até pq Elektra é vilã dos quadrinhos e não uma boazinha... E ela ficou tão presa ao roteiro, não relaxou sabe... ficou forçada e presa... Mas fazer o quê né...

      Obrigada pela visita ;)

      Excluir
  2. Olá,vim conhecer seu Blog,amei e á estou super seguindo,parabéns pelo cantinho.

    Gostaria de te convidar para conhecer meu Blog e se gostar e puder curtir a fanpage ou seguir também será muito bem vinda,sinta-se em casa.

    http://emcasademaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida!!! Tbm visitei o seu cantinho e amei ;)

      Excluir
  3. Olha, eu não sei sobre o filme, não me lembro se vi. Também nunca li a HQ.
    Mas se tem uma coisa que concordo contigo é que filmes de ação com muitos flashbacks realmente atrapalha um pouco, e deixa bem lentinho. E outra, já tem tantos filmes de heróis, qual o problema na vilã ser realmente malvada? Afinal, qual a essência de um vilão?

    http://www.mobadtrip.com/

    ResponderExcluir
  4. Adorei seu comentário!!!! Volte sempre ;)

    ResponderExcluir
  5. Olá Menina Bonita, tudo bem?
    Criei um grupo de divulgação no facebook e gostaria de te convidar para divulgar seu blog por lá *-*
    Sua participação será muito especial para mim!!!
    Já estou te seguindo
    beijos

    Divulgueaqui.com
    Blog Flicka / Fan Page / Canal

    ResponderExcluir
  6. Agelina Jolie ficaria ótima fazendo a elektra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, não tinha pensado nisso, mas pensando bem a personagem seria muito bem representada pela Jolie.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...